MENU
Ingresso Solidário se consolida como uma tradição da Seara
20/06/2024 07:09 em Festivais

Desde a sua retomada, em 2022, o festival nativista Seara da Canção Gaúcha também procura contribuir com a cidadania. Além de valorizar a cultura de nosso estado, a Seara tem nos últimos anos realizado ações em prol da sociedade, como a doação de alimentos não perecíveis através do Ingresso Solidário. 

E como funciona? Na Seara não há a cobrança de ingresso. Basta fazer a doação de 1kg de alimento não perecível por noite para assistir as atrações da 23a edição do festival, que acontece nos dias 25, 26 e 27 de outubro na Acapesu em Carazinho-RS. O Ingresso Solidário teve início em 2022, se repetiu em 2023, quando foram alcançadas 3 toneladas em doações, e vai ocorrer novamente neste ano. 

No ano passado, o Coqueiros Supermercados, patrocinador do festival, também contribuiu com a iniciativa e foi um ponto de entrega de doações. Além disso, para cada quilo doado em alguma unidade do supermercado, o Coqueiros fez o reforço de mais meio quilo de alimento, visando aumentar o volume de donativos.

- O carinho do carazinhense pela Seara é enorme. Então nada melhor do que aproveitar esse forte laço afetivo para incentivar ações em benefício da sociedade. Frisando que os alimentos arrecadados serão doados para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Nosso objetivo é superar as 3 toneladas que foram arrecadadas no ano passado e para isso convidamos a todos para se juntarem conosco nessa ação de solidariedade – destaca Marlon Britto, presidente da Associação Seara de Arte e Cultura Gaúcha, entidade que promove o festival.

Quem também convida o público a somar forças nessa corrente de solidariedade é Lú Schiavo, intérprete que foi vencedora da última Seara juntamente com Pirisca Grecco. “Convido toda a comunidade para prestigiar o festival presencialmente doando um quilo de alimento não-perecível, assistir um belo espetáculo e ainda exercer sua solidariedade. É sempre importante fazer o bem”, afirma a artista.

 

23a Seara da Canção Gaúcha

A Associação Seara tem trabalhado firmemente nos preparativos para a 23a Seara, que tem como lema “Semeando Novas Histórias!”. O regulamento do festival deve ser divulgado em julho, assim como outras informações importantes, como o período de inscrição, datas da triagem e data de divulgação das músicas classificadas. 

Os shows do festival já estão definidos, com João Luiz Corrêa no dia 25/10 (sexta-feira). No segundo dia de programação, o sábado (26/10), tem Os Fagundes no palco e no domingo (27/10) a uruguaia Catherine Vergnes faz sua apresentação para o público, antes do anúncio das músicas vencedoras da Seara.

- Já sabia da qualidade musical da Seara e no ano passado participei pela primeira vez. Fiquei encantada com organização e com a acolhida dada aos artistas. Foi incrível ver o ginásio lotado, fazia tempo que eu não via um festival com tanto público. Guardo esse momento num local muito especial no coração e fico com a expectativa de poder retornar muitas vezes a Carazinho. Fico na torcida para que a Seara seja sempre um sucesso - ressalta Lú Schiavo, que em 2023, junto com Pirisca Grecco, cantou “O Verso e a Melodia”, vencedora da Linha Contemporânea Gaúcha e que também foi a música campeã da 22a Seara da Canção Gaúcha.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!